Acesse sua conta:

Institucional


O SICOOB Coopjustiça cresceu como uma sociedade cooperativista visando promover assistência financeira aos cooperados, em suas atividades específicas, com a finalidade de fomentar melhorias econômicas. Nossos associados são os servidores do Poder Judiciário, do Tribunal de Contas do Estado, dos órgãos e entidades da área de Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro, bem como seus familiares.

A cooperativa foi criada no dia 21 de janeiro de 1997 por 24 serventuários da Justiça que, durante meses, trabalharam junto com o Banco Central do Rio para formarem a entidade com a qual sonhavam. A possibilidade de contar com uma instituição própria na área de crédito era uma das mais antigas aspirações dos servidores do Poder Judiciário.

Dois anos depois, antes de virar o milênio, a entidade – então batizada com o nome de Coopjustiça – dava início à sua expansão física, com a instalação de filiais em diferentes municípios do Estado do Rio de Janeiro. O número de associados foi crescendo com o decorrer do tempo e hoje somos aproximadamente 6.400 pessoas.

Com o aumento da quantidade de sócios, em meados da primeira década do novo século, a Diretoria começou a pensar em um novo espaço, mais amplo e adequado e outro sonho se realizou, em 2008, com a inauguração da sede prórpia situada na Avenida Nilo Peçanha, nº 12, 5º andar (salas 522 à 526), 10º andar (salas 1008 à 1026).

Outro grande passo foi dado no dia 31 de maio de 2011, quando oito entidades cooperativistas de crédito, inclusive a nossa, passamos a fazer parte oficialmente do Sistema Sicoob, o maior sistema financeiro cooperativo do país com mais de 3,6 milhões de associados e 2,5 mil agências distribuídas em todo Brasil. Desde então nos tornamos o Sicoob Coopjustiça. Somos parte de um grupo de cooperativas financeiras e empresas de apoio que, em conjunto, oferecem aos associados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outros. Ou seja, desde então passamos a oferecer todos os produtos e serviços oferecidos pelo sistema bancário tradicional, porém com as vantagens do cooperativismo financeiro, ou seja, um lugar onde os clientes são os donos e, por isso, os resultados financeiros são divididos entre os cooperados. A dedicação dos empregados, conselheiros e diretores somados à fidelidade e participação dos associados fazem da Coopjustiça uma grande cooperativa.

MISSÃO

Gerar soluções financeiras adequadas e sustentáveis, por meio do cooperativismo, aos associados e às suas comunidades.

VISÃO

Ser reconhecida como a principal instituição financeira propulsora do desenvolvimento econômico e social dos associados.

VALORES

Intensificar a comercialização de produtos e serviços, e, consequentemente, elevar o índice de relacionamento operacional com os cooperados com foco no estímulo á força de vendas.

DIRETORIA



Diretor Presidente: Benino Manuel Alonso Lorenzo.

Diretor Operacional: Roberto Medeiros Souza

Diretor Administrativo: Carlos Ney Mello de Uliana

Diretora: Miraci Bezerra Marinho de Oliveira

Diretor: Antônio Carlos de Souza Carvalho

Diretor: Paulo Roberto Bacellar Pacheco

Conselho Fiscal: Luis Carlos Gomes da Silva.

Conselho Fiscal: Juçara de Souza Mero

Conselho Fiscal: Julio Cesar de Castro Ramos

Suplente: Carlos Pereira da Costa

Suplente: Hélio José Ferreira Roma

Suplente: Renato da Silva Dias